top of page

Ícones (01) - Charles e Ray Eames

Se existem alguns ícones da arquitetura e do Design, esses nomes são Charles Eames e Ray Eames.


Como pode-se perceber, os dois foram casados, mas há por trás uma história que poucos conhecem, de caminhos que seguiram de formas diferentes, mas por vertentes que se encontravam.





Charles Eames


Charles iniciou seus estudos em Arquitetura após ser contemplado com uma bolsa de estudos na Washigton University, St. Louis, cidade em que nasceu.


Após dois anos, largou os estudos e abriu posteriormente um estúdio, em conjunto com Charles Gray e logo após, também, Walter Pauley.


Em 1938 Charles Eames iniciou seus estudos na Art Academy, Canbrook, Michigan, a convite de Eliel Saarinen, onde após alguns anos se tornou chefe de departamento de design industrial.


Bernice Alexandra Kaiser (Ray-Ray)


Ray-Ray, como era conhecida Bernice, nasceu em Sacramento, Califórnia. Pelo que contam, Ray era uma garota prodígio, com um talento artístico nato. Isso a levou, após o ensino médio a estudar em Nova York com Hans Hofmann, artista conhecido pelo expressionismo na época.


Posteriormente, Ray foi estudar também em Cranbrook, assim como Charles, na Art Academy, onde se conheceram. Ela foi motivo da separação de Charles com sua atual esposa, onde, logo se casaram em 1941.


Sua junção, não somente pela forma do casamento, mas pelas práticas e conhecimentos artísticos foi responsável pela abertura do famoso estúdio em que trabalharam juntos no Sul da Califórnia.





Início dos Trabalhos


De encontro com o período da Segunda Guerra Mundial, um dos primeiros trabalhos da dupla foi o desenvolvimento e produção de talas e macas para os soldados do exército.


Dessa forma, desenvolveram seus conhecimentos em desenvolvimento de peças de madeira laminada, muito úteis para o desenvolvimento posterior de seus famosos produtos.


Seu reconhecimento como estúdio começou a crescer de fato com a comercialização de seus produtos pela Herman Miller, com a utilização de alumínio fundido, plásticos reforçados com fibra de vidro, telas de arame e madeira laminada.


Com o estabelecimento da empresa, Charles e Ray desenvolveram muitas peças que na época eram completamente inovadoras e com uma expressão forte que refletia a personalidade e os conhecimentos dos dois: junções entre modernismo e expressionismo nas peças, com criação de produtos icônicos, hoje reverenciados pela crítica.


Falecimento de Charles


Após o falecimento súbido de Charles em 1978, Ray ficou responsável pela organização e inventário de todas as suas produções, contribuindo para a história de mobiliário mundial de forma atemporal.


Ray curiosamente faleceu no mesmo dia que Charles, exatamente 10 anos após a sua morte.



Confira aqui uma matéria sobre os icônicos mobiliários desenvolvidos por Charles e Ray Eames por toda sua carreira.


 


Conheça também os atuais e icônicos designs de Maurício Bomfim, Designer de Mobiliário reconhecido no Brasil e no mundo.





留言


bottom of page